• pamelamr

Como montar um buquê de casamento dos seus sonhos


O momento do casamento é o sonho de muitas pessoas, mas os meses de preparação podem deixar qualquer noiva de cabelo em pé.


Entre as diversas preocupações sobre a parte estética da cerimônia, uma das mais importantes é, com certeza é o buquê.


É importante montar um buquê que seja bonito, inteligente, que chame atenção e que combine com a festa.


De maneira simples, para fazer um buquê perfeito, você precisa:


  • Conhecer diferentes tipos de buquês caso quiser a sair um pouco do comum


  • Saber um pouco sobre as flores que vão compor o buquê


  • Entender qual é o estilo e o significado que você quer transmitir



Tipos de buquês



Buquê de cascata


O buquê de cascata proporciona um efeito dramático e muito interessante. A noiva que escolhe esse tipo de buquê demonstra que tem uma personalidade forte.


Alguns tipos de flores funcionam muito bem, principalmente as de caule longo. As orquídeas e os lírios, por exemplo, são fáceis de encontrar e têm a estrutura perfeita para esse tipo de buquê.



Buquê ramalhete


O buquê ramalhete é, sem dúvida, um dos modelos mais populares.


Diferentemente dos outros tipos, esse buquê só utiliza as flores, e por isso ele fica com esse formato arredondado.


Aqui neste caso não se utiliza folhagens ou outros detalhes, o acabamento fica por conta de uma fita, que completa o estilo clássico. Além disso, ele é pequeno e prático para segurar.


Quanto às flores que você pode usar para fazer esse tipo de buquê , confira abaixo algumas sugestões.


  • Tulipas


  • Peônias


  • Rosas


  • Flores de ranúnculo



Buquê amarrado à mão


Esse é um estilo que combina muito com casamentos que são mais despojados, como aqueles que acontecem em ambientes ao ar livre ou mesmo num lugar mais rústico.


Esse buquê não é de fato amarrado a mão da noiva. A ideia aqui é criar um buquê amarrado com materiais menos elaborados, como tecidos, cordinhas, juta, entre outros materiais.


Sua aparência é de que a noiva acabou de colher as flores no seu próprio jardim e foi encontrar a pessoa amada.


Portanto como esse é um estilo mais livre, cabe uma variedade enorme tanto de flores como de folhagens.



Buquê arredondado


Esse é um buquê que se apresenta de forma bastante imponente e que carrega o formato perfeito de uma cúpula.


Um buquê arredondado é bem uniforme e feito com uma única espécie de for e que geralmente é de cor única.


Em função do tipo das pétalas, as rosas e as peônias são algumas das espécies mais utilizadas na criação de um buquê arredondado como determina o estilo.



Buquê de ramos


Esse é um estilo que tem tudo para agradar às noivas mais simples e que dão preferência para coisas mais singelas.


Esse tipo de buquê aparenta ser mais um pequeno ramo de flores e não é tanto o protagonista.


Combina muito bem, também, com casamentos pequenos, com poucos convidados, onde a própria decoração é mais simples e intimista.


Esse tipo de buquê tem um detalhe igualmente interessante: ele é tão ou até mais focado na folhagem do que nas flores.

As folhas aqui tem um destaque justamente para proporcionar essa simplicidade desejada e fazer parecer menos elaborado.



Buquê de pomander


O buquê de pomander é muito romântico e sua característica principal é ser perfeitamente redondo.


Além disso, apesar de não ter a parte dos caules, esse é um modelo muito prático, pois possui uma alça. E quanto às flores, é possível utilizar as espécies de sua preferência.


Se você quiser, ainda pode combinar o seu buquê de pomander com a decoração e pode reproduzir o conceito espalhando as esferas penduradas pelo espaço.



Buquê composto (glamélia)


Quando você pensa em como montar um buquê alguma vez te passou pela cabeça a ideia de não usar as flores completas?


Esse é um modelo muito arrojado e diferente que é todo feito com pétalas individuais, montadas de uma maneira que o buquê inteiro pareça uma única flor gigante.


Esse é um processo bastante trabalhoso, mas que sem dúvidas vale a pena, e ainda garante um drama extra para o tão esperado momento da entrada da noiva.



Como você pode ver, são diversas as opções, porém saiba que uma conversa com seu florista pode ajudar bastante a se concentrar nas opções que realmente vão representar você e o seu casamento.


Nessa hora não existe certo ou errado. O que mais importa, afinal, é que a noiva fique satisfeita e feliz com a escolha.


Veja abaixo mais quatro pontos que você deve levar em consideração e que podem te ajudar ainda mais na escolha do seu buquê.


1. Se inspire no local do casamento


2. Use as suas referências para mostrar quem você é


3. Algumas flores vão estar fora de época


4. Cada arranjo transmite um estilo



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo